4 passos de como usar Marketing de Influência no ramo de decoração de ambientes

postado em: Diversos, Gestão | 0

Roupas, maquiagem e gastronomia podem realmente ter um maior apelo para influenciadores digitais e o público em geral, mas a decoração e o mobiliário de casa certamente se aproximam dos itens mais pesquisados em vídeos e textos sobre tendências. Um bom indicador é o número de criadores de conteúdo que falam sobre decoração de casa. Eles são seguidos por milhões de espectadores que adoram assistir e descobrir as dicas e truques que são utilizadas para moldar uma sala ou transformar um quarto.

Seguindo os seus passos, blogueiros de decoração doméstica aproveitaram a tendência para fornecer aos seus seguidores mais ideias de como decorar propriamente a sua casa. Os tópicos variam de “como reformar a casa inteira” até “decoração sazonal”. Itens como objetos preciosos para se colocar na cozinha também entram na lista.

A decoração de casa é uma ótima maneira de usar o Marketing de Influência, devido à sua natureza visualmente atraente. Excelentes composições e iluminação para interiores fazem todo o processo ficar parecido com uma sessão de fotos. Um exemplo é que em redes como o Pinterest, a decoração é um dos itens mais vislumbrados pelos seus seguidores – e praticamente o mais lembrado quando se fala em “faça você mesmo”. A decoração do lar é a categoria mais popular, afinal os consumidores colocam as suas opiniões e fazem conforme eles querem dentro de casa, ajustando a ideia a sua realidade.

É por isso que o uso de Marketing de Influência para o ramo de Móveis de Decoração ou Decoração Doméstica é a melhor aposta nos dias de hoje.  Aqui estão mais sugestões sobre como aproveitar ao máximo sua campanha de influenciadores:

  • Saiba, geograficamente, quem é seu público-alvo. Se você não fornecer e-commerce em seu empreendimento, trabalhe com influenciadores que estão na mesma cidade que você, porque é muito provável que eles tenham mais seguidores nessa área. Se você tem uma loja online, mire em áreas onde deseja criar mais conhecimento de sua marca e, logo, gerar mais pedidos
  • Escolha influenciadores que tenham um estilo semelhante ao seu trabalho. Se você vende móveis ‘vintage’, ser apresentado em um blog com foco na decoração moderna não vai ajudar muito, afinal os interesses do público são bem diferentes. Procure influenciadores que combinam com a sua marca, a sua prática, o seu propósito e/ou estilo de venda.
  • Envolva o influenciador o máximo possível. Colaborar com o blogueiro ou vlogueiro irá garantir que você traga mais valor para o seu trabalho, pois eles podem contribuir com a direção criativa da campanha. Além de apresentar novas ideias que podem levar a sua campanha ao próximo nível.
  • Comece pequeno e almeje resultados grandiosos. Você pode querer começar a vender itens menores, de valor agregado menor, tornando assim mais fácil de se encomendar. Uma vez que os clientes se familiarizaram com a sua marca e também com a qualidade de seus produtos, será muito mais fácil para eles se comprometerem com compras maiores.

As marcas de móveis e de decoração estão bem posicionadas para usar os influenciadores digitais em sua comercialização. Devido À sua natureza atraente e altamente visual, os seguidores adoram e se inspiram em suas ideias de produtos e de decoração, o que formalizará no futuro a compra.

Via: SideBuy

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta