6 considerações antes de comprar um ERP para o seu negócio de móveis

postado em: ERP, Gestão | 0

As razões por trás de procurar um novo sistema ERP são muitas, e tendem a ter os mais variados motivos. As empresas de móveis são movidas por necessidades operacionais, mas muitas empresas escolhem o ERP por causa das necessidades financeiras e contábeis. Isso é especialmente verdadeiro para empresas de pequeno e médio porte que estão em fase de crescimento.

Aqui separamos 6 considerações que devem ser feitas antes de comprar um novo sistema ERP para a sua empresa de Móveis.

  1. Retorno do Investimento

Este ponto é o primeiro a ser lembrado pelo setor financeiro de sua empresa. Saber qual vai ser o retorno também deve estar no topo da lista.

Muitas vezes, as operações financeiras de uma empresa são realizadas manualmente em planilhas, assim como as operações de outros departamentos. Anexar um custo às tarefas manuais é fácil quando você cobra serviços por hora ou produz itens de um valor calculável. Quando a economia de mão de obra está em um serviço interno, no entanto, os números são um pouco mais subjetivos.

  1. Autoavaliação

Determinar os custos básicos requer introspecção. Quanto mais realista o departamento de finanças estiver documentando seus processos internos, mais fácil será a avaliação e a implementação do novo ERP. Demasiadas vezes, as pessoas tentam proteger os seus empregos não revelando todas as tarefas que executam durante o dia. Infelizmente, isso prejudica o processo de seleção de ERP.

  1. Intensidade de Transição

O departamento financeiro ainda precisa fazer seu trabalho no meio da instalação e implementação do novo ERP. Saber quanto tempo é necessário e a dificuldade de implementação são essenciais para uma transição bem-sucedida.

  1. Automação e Relatórios

A coleta de dados é fundamental para o sistema ERP. Ser capaz de agir sobre os dados no sistema também é ponto decisivo. A comunicação de mudanças e tendências proporciona à administração uma visão melhor das operações atuais e de um futuro imediato.

As empresas precisam olhar para a capacidade do sistema ERP de obter informações e colocá-las nas mãos dos tomadores de decisão. Às vezes, um sistema de relatórios embutido é bom o suficiente. Quando este não é, a organização pode considerar a incorporação de um sistema de BI em conjunto com um banco de dados de ERP durante o processo de seleção de software.

  1. Ajustado para a Indústria

Embora o gerenciamento financeiro seja semelhante entre os diversos setores do mercado, as informações que vem dos diferentes tipos de indústrias e vão para os bancos de dados financeiros são diferentes. Ter uma solução de software de negócios ERP específica do setor que atual ou que seja facilmente personalizada para as operações do setor é vital. Se o sistema financeiro estiver separado do sistema de produção, existe um potencial para erros de transferência de dados e erros na tradução dos campos entre os dois bancos de dados.

  1. Simplifique para crescer

Para muitas empresas de móveis, o plano é crescer. O software ERP selecionado deve atender às necessidades da empresa em crescimento. Isso significa simplificar processos e eliminar tarefas manuais. Às vezes, a simplificação requer personalização e essa personalização pode introduzir a complexidade do TI. Com um sistema ERP, o objetivo deve ser reduzir a complexidade do processo de negócios para que as pessoas possam dedicar mais esforços ao crescimento dos negócios.

Saber mais

Conheça o WPS ERP, um sistema de gestão de processos de empresas do segmento moveleiro com características sob medida e desenvolvimento especial. São soluções inovadoras, que garantem competitividade à sua empresa, com resultados positivos e rápidos.

Contate-nos através do e-mail comercial@wpsconsultoria.com ou pelo telefone (47) 3374-5133.

Via: Trimit

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta