As 5 melhores tendências para a indústria de móveis em 2018

postado em: Gestão | 0

Durante a recessão econômica, o setor de varejo de móveis foi impactado negativamente quando os consumidores reduziram os gastos não essenciais, mas agora há um aumento na demanda. Várias tendências-chave da indústria surgiram, uma vez que a nova inovação e as preferências dos consumidores em mudança influenciam a demanda por móveis. Leia a seguir as principais tendências que estão moldando a indústria de móveis.

  1. O aumento da comunicação está impulsionando a demanda por móveis home office

A necessidade de escritórios domésticos aumentou durante a crise financeira em 2008 e a crise europeia em 2012, impulsionando o aumento da demanda por computadores, mesas, cadeiras de escritório e arquivadores. Os consumidores rapidamente descobriram que seus escritórios domésticos tinham múltiplos usos e, muitas vezes, preferiam comprar móveis versáteis que poderiam encobrir o equipamento de escritório quando não estiverem em uso.

  1. Mobiliário multifuncional e versátil ganha popularidade.

O número de famílias de uma ou duas pessoas tem aumentado, resultando na demanda por móveis pequenos e portáteis. Os consumidores também procuraram mobiliário multiuso, dobráveis e voltados para a tecnologia, especialmente quando se trata de viver em espaços pequenos.

  1. Aumento constante nas compras online

Muitas empresas estão colocando mais esforços em suas lojas de varejo online, adicionando benefícios aos consumidores que compram on-line, como entrega gratuita e instalação, com opção de serem feitas no mesmo dia.

  1. A demanda por móveis de luxo está aumentando.

À medida que a economia se recupera, mais consumidores estão dispostos a comprar itens de luxo para seus ambientes, tanto em casa quanto no trabalho. Em termos de localização, a Europa tem o maior mercado de móveis de luxo, mas países em desenvolvimento como a China e a Índia não estão muito atrasados.

  1. Mais fornecedores de móveis estão escolhendo o verde.

Com o luxo vem a tendência. Muitos vendedores estão desenvolvendo móveis ecológicos, motivados por preocupações ambientais, como o problema do desmatamento. Embora o mobiliário ecológico seja mais caro, a demanda está em alta, fazendo com que os fabricantes e as empresas ofereçam esses produtos.

Via: Market Research

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta