Iniciando uma marcenaria na garagem de casa – O Guia Completo

postado em: Diversos, Gestão | 0

Você está pensando em começar um negócio de marcenaria na garagem de casa? Se SIM, aqui está um guia completo para iniciar um negócio com pouco dinheiro e, praticamente, sem muita experiência na manipulação com madeira. Aqui está detalhado um Plano de Negócios para quem quer ser marceneiro. Todas as dicas foram tiradas do site Profitable Venture, e podem ser conhecidas na íntegra clicando aqui!

Além de dar dicas para montar um Plano de Negócios, vamos um pouco além, elaborando um Plano de Marketing e ideias de publicidade para novas empresas do ramo. Neste artigo estaremos considerando todos os requisitos para iniciar um negócio de marcenaria. Então, coloque o seu chapéu de empreendedor e vamos iniciar.

Primeiramente, começar um negócio de marcenaria geralmente evolui de um hobby que você já vem praticando há um tempo. Se divertir e ganhar dinheiro parecem ser um ótimo investimento de tempo. Além disso, artigos de madeira são populares e fazem grandes decorações e ótimos presentes. Mas começar um negócio envolve mais do que criar objetos de madeira. Requer pesquisa e planejamento, com um pré-ocupação no marketing e no gerenciamento do negócio.

Por que começar um negócio de marcenaria?

Obviamente, se você gosta de trabalhar com madeira, existe maneira melhor de apreciar o que você faz e, ainda por cima, ser pago por isso? Além de fazer algo que você ama, você também pode permitir que outras pessoas apreciem o seu trabalho – o que pode ser muito gratificante.

Outro benefício é que trabalhar em casa, em sua própria marcenaria, significa que você pode ignorar as viagens de ida e vinda do trabalho, não precisar se vestir para entrar no escritório e geralmente pode programar suas próprias horas. A maior flexibilidade na programação permite aos empresários aproveitar outros aspectos de sua vida, como atividades familiares, viagens, etc.

Marcenaria pode ser um negócio de baixo custo para começar, especialmente se você já possui muitos dos equipamentos que você vai precisar. Você não precisa alugar um espaço, contratar pessoal ou investir em um monte de inventário de produtos. Você pode começar pequeno e, em seguida, expandir à medida que sua base de clientes cresce. Este pode ser um ponto crítico e decisivo para empresários com um orçamento limitado.

Há também muitas oportunidades de negócios de madeira longe da parte produtiva. Você poderia ensinar a arte para outros ou escrever e publicar um livro sobre o ramo da madeira. Quem sabe vender ideias de design, né?

Iniciando uma marcenaria na garagem de casa – O Guia Completo

Visão geral da indústria

Neste ramo de indústria se fabrica produtos de madeira para as mais diversas utilidades. Desde escadas de madeira, armários, utensílios de cozinha e vassouras até bobinas e palitos de dente.

A indústria de fabricação de produtos de madeira deu um salto, impulsionado pela melhoria do rendimento familiar. No entanto, a crescente popularidade das importações de baixo custo e a concorrência de substitutos limitou o crescimento. Mas novamente: a queda do desemprego e as melhorias nos rendimentos levarão a um forte crescimento para o ramo.

Pesquisa de viabilidade do mercado – Nichos de Mercado

O público-alvo de quem procura serviço e peças trabalhadas em madeira é gigante. Desde familiares e parentes próximos até igrejas, escolas e grandes empresas. Marcenaria é um campo muito amplo, assim como os produtos que você pode escolher para fazer também são variados e dão muita escolha. A fim de manter um melhor foco e começar com clareza e precisão, será melhor se você decidir a qual categoria de produtos você irá atender.

Existem dois fatores básicos que você precisa considerar ao decidir um nicho para o seu negócio de marcenaria. Você precisa olhar para o seu próprio conjunto de habilidades e também para a demanda e oferta do mercado em sua volta. Algumas ideias são:

  • Caixas de madeira de cerveja e vinho
  • Balcões
  • Caneca de cerveja de madeira
  • Suprimentos de artesanato
  • Suportes
  • Tábua de cortar
  • Mobílias
  • Suportes para Celulares
  • Caixa de joias

Competição e Qualidade

A demanda está intimamente ligada à qualidade. A rentabilidade das empresas de um homem só depende de operações eficientes, porque muitos produtos são commodities. As grandes empresas gozam de economias de escala na hora da compra de matéria-prima. As pequenas empresas podem, muitas vezes, competir com sucesso concentrando-se em um mercado local.

Análise Econômica

Espera-se que a confiança do consumidor e a renda disponível per capita se recuperem nos próximos anos, aumentando a demanda dos agregados familiares para os produtos da indústria. As indústrias, como fabricantes de produtos de madeira, empreiteiros de marcenaria e indústrias de construção residencial e não residencial, também devem crescer, apoiando o crescimento renovado da receita.

Melhor começar do zero ou comprar uma marcenaria já montada?

Há muito debate sobre se é melhor começar um novo negócio ou adquirir um já existente. Ambas as estratégias têm seus benefícios e desvantagens. As empresas estabelecidas no ramo já estão equipadas com os recursos e os processos que os novos empresários enfrentam para adquirir. A chave é localizar um negócio que atenda de perto a sua filosofia de propriedade e objetivos profissionais.

Possíveis desafios e ameaças de iniciar um negócio de marcenaria

A indústria da madeira é excepcionalmente diversificada, abrangendo uma ampla gama de empresários, conjuntos de habilidades e locais de trabalho. Enquanto alguns se especializam em projetos arquitetônicos, a maioria dos empresários da madeira se interessa​​ ​​em traduzir sua paixão em uma oportunidade de carreira em tempo integral. Algumas ameaças ao seu negócio podem ter sua origem em:

  • Alguma decisão mal administrada
  • Achar que o negócio é um passatempo
  • Não melhorar a qualidade dos produtos ou o seu leque de opções
  • Não promover o negócio
  • Achar que não tem responsabilidades como empresário
  • Ter receio de obter ajuda especializada

Aspectos Legais

Segundo o site do SEBRAE, existe uma lista de normas que precisam ser preenchidos para poder se trabalhar no ramo de marcenaria. A lista completa você pode verificar aqui!

  • Consulta Comercial. Antes de realizar qualquer procedimento para abertura de uma empresa, o primeiro passo é realizar uma consulta prévia na prefeitura ou administração local.
  • Busca de nome e marca. Verificar se existe alguma empresa registrada com o nome pretendido e a marca que será utilizada.
  • Arquivamento do contrato social/Declaração de Empresa Individual. Este passo consiste no registro do contrato social. Verifica-se também, os antecedentes dos sócios ou do empresário junto a Receita Federal, através de pesquisas do CPF.
  • Solicitação do CNPJ.
  • Solicitação da Inscrição Estadual.
  • Alvará de licença e Registro na Secretaria Municipal de Fazenda. O Alvará de licença é o documento que fornece o consentimento para empresa desenvolver as atividades no local pretendido.
  • Matrícula no INSS.
  • Certidão de Uso do Solo. Tal documento deve ser solicitado à prefeitura do município em que o empreendimento pretende instalar-se. A solicitação da certidão deve ser instruída de documentos básicos como planta de localização geo-referenciada, termo de uso pretendido, etc. O empreendedor deve observar ainda o código de edificações e postura do município, recomendações da vigilância sanitária e demais legislações pertinentes.

Escrevendo um Plano de Negócios para o seu Negócio de Marcenaria

A maioria dos especialistas recomenda que o plano de negócios seja colocado em primeiro lugar e, geralmente, essa é uma ótima ideia. No entanto, antes de investir seu tempo fazendo o plano de negócios, crie alguns dos produtos que você tem em mente e veja como eles vendem e o quão popular é o produto. Pode ser um sucesso pelos primeiros 5 minutos antes do próximo sucesso, e assim o criador fica acumulando centenas de peças que não consegue vender.

A primeira ideia é de que os produtos devem ser fáceis de criar, duráveis ​​e acessíveis (suficiente para cobrir as despesas dos materiais necessários). Uma vez que descobriu que esses produtos são populares, comece a montar o seu Plano de Negócios.

Você precisa ter um plano claro sobre como você deseja tocar a sua marcenaria, mesmo antes de começar; o plano deve conter todos os pequenos detalhes de sua empresa. Inclua o valor estimado que você precise como capital para poder iniciar o negócio; ferramentas para aperfeiçoar o seu comércio; locais de compra de madeira em grande escala; formas de comercialização do seu produto; objetivos comerciais pelos próximos 2, 3 e 5 anos; etc…

Um Plano de Negócios é feito para entender e antecipar o que será como começar um negócio de marcenaria. Você vai atravessar por muitos pontos antes de chegar a alguns desses objetivos, mas eventualmente você vai chegar lá. E é muito útil decidir como você gostaria de começar e o que esperar do seu negócio, procurando imaginar erros e acertos que venham a acontecer.

A maioria das pessoas que criaram um plano de negócios de marcenaria afirmam que um Plano de Negócios os ajudou a obter sucesso. Portanto, sugerimos um plano informal sobre o qual você não precisa se sentir pressionado. Não tenha pressa. Os planos de negócios não são feitos em um dia. Apenas continue adicionando itens a ele em seu próprio ritmo.

Custos para Iniciar um Negócio de Marcenaria

Quando você começar e executar qualquer tipo negócio, haverá custos envolvidos. E quando falamos em carpintaria, não da pra deixar a madeira de fora da planilha. Mesmo que você seja muito capaz de reduzir seus custos, começando na garagem de casa com ferramentas que você já possui, ainda vai precisar comprar a matéria-prima pro seu negócio. Quanto dinheiro você precisará investir dependerá de como você lida com a rapidez que você quer crescer.

Começar um negócio de madeira pode soar pequeno e comum, mas é preciso compromisso e fundos para começar. E vai ter que se esforçar muito. O custo de inicialização para uma carpintaria tem que incluir também o seu salário e um futuro ajuste estrutural. Com o aumento de tamanho e escala vem o aumento no custo de inicialização.

Financiando sua Marcenaria

De todas as decisões iniciadas pelos empresários, a decisão de como financiar tende a ser a mais espinhosa. Você implora, pega emprestado ou rouba o dinheiro? Quem pode (ou quer) financiar um negócio hoje em dia?

Não existe uma solução fácil. Mas o fato é que centenas de milhares de pessoas começaram artesanato e marcenarias com os mais flexíveis orçamentos. Com cuidado e planejamento, você também pode.

Escolhendo um local adequado

Uma das razões mais comuns pelas quais as pessoas não trabalham com madeira é que eles acham que precisam de uma enorme garagem ou espaço de trabalho gigantesco, como um galpão. Mas você pode criar com sucesso uma pequena loja de marcenaria em qualquer espaço, mesmo em um apartamento. Uma loja de madeira compacta vai precisar apenas de um pouco mais de planejamento, preparação e paciência.

Em primeiro lugar, antes de discordar, você deve ter pensado: “Mas como vou colocar uma serra fita de mesa dentro do meu apartamento?”. Infelizmente em espaços pequenos, você tem que ser mais criativo e sensato na seleção de ferramentas. Em priori, terá que contar com ferramentas de bancada ou de mão. (É possível renunciar quase todo a ferramentaria elétrica em favor das ferramentas manuais, mas isso é discussão para outro post).

Em seguida, tem que considerar os materiais e seu armazenamento. Como trazer as folhas de tamanho completo de madeira compensada para cortar? A segurança e limpeza são outras duas preocupações que devem ser levadas em consideração: uma boa ventilação e a coleta da poeira e fuligem, coisas que podem ser um desafio para pequenos espaços.

No entanto, obter uma boa localização no negócio da madeira é muito importante para o sucesso do seu negócio, você deve considerar algo como:

  • Demografia
  • Renda Local
  • Acessos
  • Trânsito de Carros e Pedestres
  • Localização de Concorrentes

Requisitos técnicos e de mão de obra

Embora o termo “carpinteiro” possa evocar a imagem de um artesão que use ferramentas manuais para construir móveis ornamentados, o comércio moderno de madeira é altamente técnico e depende de equipamentos avançados e operadores qualificados. As máquinas automatizadas já tomaram conta das linhas de produção, como máquinas de Comando Numérico Computadorizado (CNC), para fazer grande parte do trabalho com grande precisão.

Mesmo artesãos especializados geralmente usam máquinas CNC e uma variedade de ferramentas elétricas em seus trabalhos. Grande parte do trabalho é feita em uma instalação de linha de montagem de alta produção, mas também há trabalhos personalizados que não são possíveis de se fazer em linhas de montagem.

Os carpinteiros operam e cuidam de todos os tipos de máquinas que trabalham com a madeira, como serras, fresadoras, brocas, tornos, estilhaçadores, roteadores, lixadeiras, plainas e máquinas de fixação de madeira. Os operadores configuram o equipamento, cortam e moldam peças de madeira, e verificam as dimensões.

Depois que as peças são usinadas, os marceneiros adicionam fixadores e adesivos e conectam as peças para formar uma unidade montada. Eles também instalam puxadores, slides de gaveta, vidros, metais, componentes elétricos e pedras. Em seguida, se necessário, revestir o produto de madeira com um selador ou revestimentos finos, como uma laca ou verniz.

Muitas dessas tarefas são tratadas por diferentes operários com treinamento especializado.

Proteção para quem trabalha com madeira

As condições de trabalho variam de acordo com as funções específicas. Às vezes, os trabalhadores têm que lidar com materiais pesados ​​e volumosos, lutando ainda contra o barulho e poeira. Como resultado, eles usam regularmente dispositivos de proteção auditiva, óculos de segurança e respiradores ou máscaras. Carpinteiros constantemente estão expostos a perigos, tais como poeiras nocivas, produtos químicos, fumaça, ruídos excessivos e lesões musculares.

Qualidades e Proficiências de um Carpinteiro

  • Detalhista: Trabalhadores da madeira devem prestar atenção aos detalhes para atender às especificações e manter-se seguro.
  • Destreza: os trabalhadores da madeira devem fazer cortes precisos com uma variedade de ferramentas manuais e ferramentas elétricas, por isso precisam de uma mão firme e boa coordenação mão-olho.
  • Habilidades de matemática: o conhecimento das habilidades básicas de matemática e informática é importante, particularmente para aqueles que trabalham na fabricação, em que a tecnologia continua a avançar. Os carpinteiros precisam entender a geometria básica para visualizar como os pedaços de madeira se encaixam para fabricar um objeto tridimensional, como um armário ou peça de mobiliário.
  • Habilidades mecânicas: sistemas de tecnologia moderna exigem que os marceneiros possam usar robôs, computadores e outros dispositivos programáveis.
  • Força física: a capacidade de suportar longos períodos de movimentos repetidos é crucial para os trabalhadores da madeira, que muitas vezes permanecem durante todo o dia realizando muitas das mesmas funções.
  • Força física²: os trabalhadores da madeira devem ser fortes o suficiente para levantar pedaços de madeira pesados, como a madeira compensada.

Plano de Marketing – Ideias e Estratégias

A produção geralmente não é um problema para a maioria dos empresários da madeira. Você já sabe como fazer peças finamente trabalhadas e outros produtos. Em vez disso, o problema é convencer os consumidores a comprar seus produtos por um preço justo – e é aí que o marketing entra em cena. Um site comercial, marketing nas redes sociais, e-mail marketings e até mesmo panfletagem podem ter uma grande recompensa para novas carpintarias.

  • Portfolios: na indústria da madeira, as atividades de marketing são orientadas por imagem. Não importa o quão bem você explique o seu trabalho para potenciais clientes, nada pode substituir imagens de projetos concluídos. Desde o primeiro dia, comece a criar um portfólio de negócios que pode ser reproduzido na forma impressa e no site da sua empresa.
  • Feiras de Artesanato: Para muitos produtores de madeira, as feiras de artesanato são os principais pontos de venda de seus produtos. Oportunidades comerciais de pesquisa em seu território, pensando cuidadosamente o tráfego estimado contra os custos de aluguel do estande. Para melhorar ainda mais seu contato pós-feira, crie um mecanismo para capturar informações de contato dos clientes (incluindo endereços de e-mail) para que possam ser adicionados à sua lista de distribuição de e-mail marketing.

Encontrando o preço certo do produto

Encontrar o preço certo exige cinco cálculos separados. Mão de Obra, Materiais, Lucros, Despesas de Venda e Despesas Gerais. Imaginamos o cenário:

Vamos fazer um pequeno aparador. Demorou duas horas e meia para fazer o produto. Os materiais consistem nas peças utilizadas para produzir o produto: o custo da madeira, além de peças mecânicas, como dobradiças, etc. Foram usados tem 4 metros em placas de carvalho, com R$40 o metro da placa, de modo que o material vem em cerca de R$160.

O trabalho é calculado por hora. Suponha que você queira fazer R$ 75,000.00 por ano. Se você quiser tirar quatro semanas de férias por ano e trabalhar 40 horas por semana, então você trabalhará 1.920 horas por ano. Divida R$75 mil por 1.920, e você recebe R$ 39.00 por hora. O aparador demorou 2,5 horas para ser feito, então multiplique R$39 por 2,5. O custo de mão de obra do aparador é de R$97.50. Adicione isso ao custo dos materiais por um total de R$257.50.

Os gastos gerais consistem no aluguel e utilitários de sua loja, ferramentas, cola, lixa e materiais de acabamento. A média da indústria é de 15%. Multiplique seu total (materiais e mão de obra) em 15%. Para o aparador, multiplique R$257,50 por 0.15. Adicione o valor de R$38.62 aos R$257.50. O custo total (materiais, mão-de-obra e despesas gerais) para o aparador agora é R$296.12.

O lucro é o valor adicionado para cobrir a expansão do negócio. Adicione 10 por cento de R$296.12 (R$29.60, mas arredondar até R$30,00), e você tem um preço para o aparador de R$326.12, arredondamos para R$330 e se torna um valor agradável de venda.

Se alguém vier a sua loja e pegar o aparador, você pode cobrar R$330 porque você não teve nenhum custo de venda. No preço do seu banco de trabalho, todos os custos da sua loja estão cobertos. No entanto, se eles comprassem o mesmo aparador em uma loja, custaria R$700 por causa das despesas com vendas.

Se você criar uma planilha em seu computador, você pode calcular o preço de muitos produtos rapidamente. Você só terá que inserir o número de horas para fazer um produto, o salário que deseja fazer em um ano e o custo dos materiais. A planilha calcula o preço do aparador instantaneamente. Uma vez que você conheça o preço certo para o seu trabalho, fique com ele. Não se conforme com menos.

Possíveis estratégias para vencer seus concorrentes

Provavelmente você está cansado de ouvir o quão importante é um bom Plano de Negócios para ao sua marcenaria. Embora possa parecer uma formalidade desnecessária, o Plano de Negócios é um documento que moldará suas metas e estratégias de forma contínua.

Aqui está mais um segredo: Planos de Negócios ajudam a evitar erros de básicos. Por causa da falta desse planejamento muitas startups se encontram incapazes de executar processos consistentes de tomada de decisão. Outros pontos importantes são:

  • Avalie seus concorrentes
  • Transforme concorrentes em colaboradores
  • Monitore a sua marca
  • Anuncie efetivamente
  • Compreenda como funciona o marketing

Aumentar a retenção de clientes

Um cliente com uma boa história para contar ou um ótimo produto para mostrar certamente retornará com uma dúzia de pessoas que podem ser familiares ou amigos. Formas de aumentar a retenção de clientes e tornar a marca lucrativa pode incluir;

  • Experiência de compra
  • Contato constante
  • Não ignorar clientes insatisfeitos
  • Se interessar pelos problemas do cliente
  • Venda cruzada (oferecer produtos complementares)
  • Conhecer seus clientes
  • Implementar programas de fidelidade

Estratégias para aumentar a conscientização da marca e identidade corporativa

Ter uma marca de carpintaria conhecida é o que todos os empresários do ramo estão buscando construir, mas não é algo que você possa buscar em algum lugar, por algo pronto. É somente através de dificuldades e criatividade. Divulgue aos quatro ventos sobre o que você está fazendo e os problemas que o seu negócio soluciona, além de sempre fazer o básico:

  • Estar ativo nas principais mídias sociais (Facebook, Youtube, Instagram, etc.)
  • Não hesite em discutir seus problemas de negócios e como você os está resolvendo
  • Compartilhe suas histórias de mídia social
  • Crie Alertas do Google para os tipos de artesanato ou obras de arte que estão sendo mais procurados
  • Oferecer para escrever uma postagem de blog convidado para blogueiros cujo público faz parte do seu mercado-alvo.
  • Criando uma rede de Fornecedor / Rede de Distribuição

Há muitos produtos de madeira que são muito populares entre muitas pessoas em todo o país, tais como:

  • Brinquedos de madeira
  • Painéis de TV
  • Molduras de fotos e espelhos
  • Hacks
  • Estandes de livro
  • Suportes de plantas
  • Cadeiras de balanço
  • Gaiola
  • Cercas

A lista continua e continua, e quando a qualidade é excepcional, essas peças acabam por oferecer melhores preços. Uma das maneiras de ter os produtos em alta demanda é criar um algo que o torna único. Ter esse olhar separa o produto dos milhares que são fabricados.

Uma vez que os produtos são feitos (e vendidos) para criar um segmento, o próximo passo é começar a produzir o suficiente das peças a serem vendidas em feiras e outros eventos que reúnem grandes grupos de pessoas.

De início? Comece um site. Mesmo que o criador dessas belas peças de madeira não seja um guru da rede, há uma série de sites que possuem assistentes que guiam através da criação de um site fácil de navegar e exibir os produtos. Certifique-se de ter excelentes imagens digitais para colocar no site.

Últimas dicas

É preciso pensar muito bem ao colocar um negócio de marcenaria em casa e garantir que haja peças suficientes para vender, como comercializá-lo, onde vendê-lo e quanto do produto que precisa ser mantido no estoque.

É preciso muito planejamento para saber sobre as leis tributárias e garantir que tudo seja tratado legalmente. Isso parece ser muita dor de cabeça no início, mas uma vez que essas etapas são feitas e você pode chegar no ponto de somente projetar e construir, o caminho fica lindo a frente.

Uma boa sorte no seu planejamento!

Via: Profitable Venture

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta